13 de Novembro de 2020

32a semana do tempo comum Sexta-feira

- por Pe. Alexandre

SEXTA FEIRA – XXXII SEMANA COMUM
(verde – ofício do dia da IV semana)

 

Antífona da entrada

– Chegue até vós a minha súplica; inclinai vosso ouvido à minha prece (Sl 87,3)

 

Oração do dia

– Deus de poder e misericórdia, afastai de nós todo obstáculo para que, inteiramente disponíveis, nos dediquemos ao vosso serviço. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

1ª Leitura: 2 Jo 4-9

– Leitura da segunda carta de são João: 4Muito me alegrei, Senhora, por ter encontrado alguns dos teus filhos que caminham conforme a verdade, segundo o mandamento que recebemos do Pai. 5E agora, Senhora, eu te peço – não que te esteja escrevendo a respeito de um novo mandamento, pois se trata daquele que temos desde o princípio: amemo-nos uns aos outros. 6E amar consiste no seguinte: em viver conforme os seus mandamentos. Este é o mandamento que ouvistes desde o início para guiar o vosso proceder. 7Acontece que se espalharam pelo mundo muitos sedutores, que não confessam a Jesus Cristo encarnado. Está aí o Sedutor, o Anticristo. 8Tomai cuidado, se não quereis perder o fruto do vosso trabalho, mas sim, receber a plena recompensa. 9Todo o que não permanece na doutrina de Cristo, mas passa além, não possui a Deus. Aquele que permanece na doutrina é o que possui o Pai e o Filho.

 

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

 

Salmo Responsorial: Sl 119,1.2.10.11.17.18 (R: 1b)

 

– Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!
R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– De todo o coração eu vos procuro, não deixeis que eu abandone a vossa lei!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Conservei no coração vossas palavras, a fim de que eu não peque contra vós.

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Sede bom com vosso servo, e viverei, e guardarei vossa palavra, ó Senhor.

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

– Abri meus olhos, e então contemplarei as maravilhas que encerra a vossa lei!

R: Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

Aclamação ao santo Evangelho

 

Aleluia, aleluia, aleluia.

Aleluia, aleluia, aleluia.

 

– Levantai vossa cabeça e olhai, pois a vossa redenção se aproxima!

(Lc 21,28).

 

Aleluia, aleluia, aleluia.

 

Evangelho de Jesus Cristo, segundo Lucas: Lc 17,26-37

 

– O Senhor esteja convosco.

– Ele está no meio de nós.

– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo Lucas

– Glória a vós, Senhor!   

 

– Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 26“Como aconteceu nos dias de Noé, assim também acontecerá nos dias do Filho do Homem. 27Eles comiam, bebiam, casavam-se e se davam em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então chegou o dilúvio e fez morrer todos eles. 28Acontecerá como nos dias de Ló: comiam e bebiam, compravam e vendiam, plantavam e construíam. 29Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma, Deus fez chover fogo e enxofre do céu e fez morrer todos. 30O mesmo acontecerá no dia em que o Filho do Homem for revelado. 31Nesse dia, quem estiver no terraço, não desça para apanhar os bens que estão em sua casa. E quem estiver nos campos não volte para trás. 32Lembrai-vos da mulher de Ló. 33Quem procura ganhar a sua vida vai perdê-la; e quem a perde vai conservá-la. 34Eu vos digo: nesta noite, dois estarão numa cama; um será tomado e o outro será deixado. 35Duas mulheres estarão moendo juntas; uma será tomada e a outra será deixada. 36Dois homens estarão no campo; um será levado e o outro será deixado”. 37Os discípulos perguntaram: “Senhor, onde acontecerá isso?” Jesus respondeu: “Onde estiver o cadáver, aí se reunirão os abutres”.

– Palavra da salvação.

– Glória a vós, Senhor!   

 

Santo Estanislau Kostka

- por Pe. Alexandre

O santo, que lembramos com muito carinho neste dia, nasceu na nobre e influente família dos Kostka, a qual possuía uma sólida vida de piedade familiar. Nasceu no castelo de Rostkow, na vila de Prasnitz (Polônia), a 28 de outubro de 1550. Nesse ambiente é que Estanislau cresceu na amizade e intimidade com Cristo.

Quando tinha 14 anos foi estudar em Viena, juntamente com seu irmão mais velho, Paulo. Devido a uma ordem do Imperador Maximiliano I, o internato jesuíta onde estudavam foi fechado, sobrando como refúgio o castelo de um príncipe luterano, que com Paulo, promoveu o calvário doméstico de Estanislau. Em resposta às agressões do irmão, que também eram físicas, e as tentações da corte, o santo e penitente menino permanecia firme em seus propósitos cristãos: “Eu nasci para as coisas eternas e não para as coisas do mundo”.

Diante da pressão sofrida, a saúde de Estanislau cedeu, e ao pedir que providenciassem um sacerdote para que pudesse comungar o Corpo de Cristo, recebeu a negativa dos homens, mas não a de Deus. Santa Bárbara apareceu-lhe, na companhia de anjos, portando Jesus Eucarístico e, em seguida, trazendo-lhe a saúde física, surgiu a Virgem Maria com o Menino Jesus.

Depois desse fato o jovem discerniu sua vocação à vida religiosa como jesuíta, por isso enfrentou familiares e, ousadamente, fugiu sozinho, a pé, e foi parar na Companhia de Jesus. Acolhido pelo Provincial que o ouviu e se encantou com sua história, com somente 18 anos de idade, viveu apenas 9 meses no Noviciado, porque adquiriu uma misteriosa febre e antes de morrer os sacerdotes ouviram do seus lábios sorridentes dizerem: “Maria veio buscar-me, acompanhada de virgens para me levar consigo”.

Santo Estanislau Kostka , rogai por nós!

Meditação

- por Pe. Alexandre

Os homens festejavam… (Lc 17,26-37)

 

Tudo vai bem? Então, vamos festejar! Mesa farta, vinhos finos, boa música. Novelas, campeonatos, entertainment… No tempo de Noé, o dilúvio afogou a festa. No tempo de Ló, o fogo do céu assou os convivas. Seria hoje diferente?

Ouçamos a homilia de São João Crisóstomo…

“Quanto mais o rei se aproxima, mais é preciso preparar-se. Quanto mais próximo o momento em que será entregue o prêmio ao combatente, melhor é preciso combater. Assim fazemos nas corridas: quando vem o final da prova e nos aproximamos da chegada, estimula-se ainda mais a fuga dos corredores. Por isso é que Paulo diz: ‘Agora a salvação está mais próxima de nós do que quando abraçamos a fé. A noite vai avançada, o dia está bem próximo’. (Rm 3,11-12).”

Crisóstomo prossegue: “Já que a noite se desfaz e o dia aparece, façamos as obras do dia; deixemos as obras das trevas. É assim que fazemos nesta vida: quando vemos que a noite cede o passo à aurora e ouvimos cantar a andorinha, nós nos despertamos mutuamente, mesmo que ainda seja noite. Quando esta se dissipa, mais nos apressamos: ‘Eis o dia!’ E nos dedicamos às tarefas do dia; vestimo-nos depois de ser arrancados do sono para que o sol nos encontre prontos. […]

Mas ainda não é tudo! Indo ainda mais fundo, como não ser tomado por um arrepio sagrado? Paulo nos dá como manto o próprio Rei. Quem está envolvido por ele possui todas as virtudes. E quando Paulo diz: ‘Revesti-vos do Senhor Jesus’ (Rm 13,14), ele recomenda nos envolver por completo.

No mesmo sentido, ele diz em outro lugar: ‘Se Cristo está em vós’ (Rm 8,10) e, ainda, ‘Cristo habita em nosso homem interior’ (Ef 3,17). É que ele quer ter sua morada em nossa alma e se revestir de nós como de uma vestimenta, de modo que ele seja tudo em nós, tanto dentro como fora.

De fato, não é ele a nossa plenitude? Ele é nosso Caminho, nosso Esposo. Ele é nossa Fonte, nossa Bebida, nosso Alimento, nossa Vida. Ele é o Apóstolo, o Doutor, nosso Pai, nosso Irmão, nosso Coerdeiro! Que bem não deseja ele em nós, desde que a nós ele se une, apega-se a nós de todas as maneiras? Não é a prova de seu amor?”

Nunca será demais recordar: estamos a fim de con-versão? Ou de di-versão? Como nos achará o Senhor no dia de sua Vinda: di-vertidos ou con-vertidos? Só o tempo o dirá. E o tempo, você sabe… o tempo passa…

 

29ª Semana do Tempo Comum

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você nos autoriza a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.