Novembro – Mês das almas

Novembro – Mês das almas

“Bem-aventurados os que morrem no Senhor, que repousem dos seus trabalhos, porque as suas obras os acompanham”
(Ap 14,13)

O mês de Novembro é chamado de «mês das almas», uma vez que é tradicionalmente dedicado às Almas do Purgatório. Depois de ter celebrado a festa de Todos os Santos no dia 1°, a Igreja lembra, especialmente no dia 2 de Novembro, todos os fiéis que já partiram deste mundo e que ainda não estão na glória de Deus.

Por vezes, a existência do Purgatório causa estranheza em muitos de nós. Mas a Igreja lembra-nos que a realidade deste lugar de purificação é necessária e muito proveitosa para os que lá se encontram e para quem reza por eles.

Novembro é, portanto, o mês consagrado ao sufrágio das almas do Purgatório. De primeiro a trinta deste mês, vamos relembrar nossos deveres de justiça e de caridade para com nossos defuntos, vamos sufragar as pobres almas que estão sofrendo no Purgatório. Como é bela e utilíssima esta devoção!

Devemos, então, incentivar nossa devoção, nossa compaixão pelas almas sofredoras. Neste mês meditemos, rezemos, soframos, façamos tudo que nos seja possível para que o Purgatório receba mais sufrágios e para que as lições deste dogma terrível e consolador ao mesmo tempo, nos aproveitem bem.

Tenhamos compaixão das pobres almas! Se soubéssemos o que elas padecem! Se tivermos uma fé mais viva, sentiremos a necessidade de fazermos tudo ao nosso alcance para que este mês seja rico de boas obras, rico de preces fervorosas e sobretudo de Santas Missas e indulgências em favor do Purgatório.

Unidos à Mãe Santíssima do Rosário, comecemos devota e fervorosamente o Mês das Almas. *