Novena do abandono a Jesus

Novena do abandono a Jesus

Apresentação

Dolindo Ruotolo, um frade capuchinho que viveu de 1882 a 1970, compreendeu profundamente a relação entre nossa necessidade e a bondade de Deus.

Ordenado aos 23 anos, Dolindo passou a vida em oração, sacrifício e serviço. Ele ouviu confissão, deu orientação espiritual e cuidou dos necessitados. Por um tempo, serviu como diretor espiritual de Padre Pio. Inclusive, quando alguns peregrinos de Nápoles, onde residia Dolindo, iam para Pietrelcina, Padre Pio costuma dizer: “Por que vocês veem aqui, se vocês têm Dom Dolindo em Nápoles? Vão até ele, ele é um santo!”

O frade tornou-se conhecido por sua espiritualidade de rendição. Bem consciente da fraqueza e da necessidade humanas, Dolindo viu isso como uma forma de promover uma união contínua com Deus.

Ao nos convidar a levar continuamente nossas preocupações ao Senhor, ele nos ensina que o foco de nossas orações não deve permanecer em nossas necessidades. Ele nos encoraja a levar nossas necessidades a Deus, deixando-o livre para cuidar de nós em sua sabedoria. Dolindo nos diz que o Senhor prometeu assumir plenamente todas as necessidades que confiamos a ele. Nas palavras de Jesus a Dolindo:

“Por que você se confunde com a sua preocupação? Deixe o cuidado de seus assuntos para mim e tudo ficará em paz. Digo-lhe, na verdade, que todos os atos de entrega verdadeira, cega e completa produzem o efeito que você deseja e resolvem todas as situações difíceis. (…) Mil orações não são iguais a um ato de abandono; nunca esqueça isso. Não há melhor novena do que esta: ó Jesus, eu me abandono ao Senhor. Jesus, assuma o controle.”

 

 Primeiro Dia

Por que vocês se confundem preocupando-se?
Deixe o cuidado de seus negócios comigo e tudo ficará em paz. Eu digo a você com verdade que todo ato de entrega verdadeira, cega e completa a mim produz o efeito que você deseja e resolve todas as situações difíceis.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Segundo Dia

Render-se a mim não significa se preocupar, ficar chateado ou perder a esperança, nem significa me oferecer uma oração preocupada pedindo-me para segui-lo e transformar sua preocupação em oração. É contra essa rendição, profundamente contra ela, preocupar-se, ficar nervoso e desejar pensar nas consequências de qualquer coisa. É como a confusão que as crianças sentem quando pedem à mãe para cuidar de suas necessidades e, em seguida, tentam cuidar dessas necessidades por si mesmas, de modo que seus esforços infantis atrapalhem a mãe. Render-se significa fechar placidamente os olhos da alma, afastar-se dos pensamentos de tribulação e colocar-se aos meus cuidados, para que só eu aja. Dizendo que Você cuida disso.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Terceiro Dia

Quantas coisas eu faço, quando a alma, em tanta necessidade espiritual e material, se volta para mim, me olha e me diz; Jesus, cuida disso; fechando os olhos e descansando. Com dor, você ora para que eu aja, mas que eu aja da maneira que você deseja. Você não se dirige a mim, em vez disso, quer que eu me adapte às suas idéias. Vocês não são pessoas doentes que pedem ao médico para curá-los, mas sim pessoas doentes que dizem ao médico como fazer. Portanto, não aja dessa maneira, mas ore como eu ensinei a você no Pai Nosso: Santificado seja o Teu Nome, isto é, seja glorificado em Minha necessidade. Venha o teu reino ”, isto é, que tudo o que há em nós e no mundo esteja de acordo com o teu reino. Seja feita a Tua vontade, assim na Terra como no Céu, ou seja, em nossa necessidade, decida como achar conveniente para nossa vida temporal e eterna.
Se você me disser verdadeiramente: seja feita a tua vontade, é o mesmo que dizer: Você cuida disso. Vou intervir com toda a minha onipotência, e vou resolver as situações mais difíceis.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

 Quarto Dia

Você vê o mal crescendo ao invés de enfraquecer? Não se preocupe, feche os olhos e diga-me com fé: seja feita a tua vontade, cuide dela. Digo-lhe que cuidarei dela e que intervirei como um médico e realizarei milagres quando forem necessários. Você vê que o doente está piorando? Não fique chateado, mas feche os olhos e diga Você cuida disso. Digo-vos que cuidarei disso e que não há medicamento mais poderoso do que a minha intervenção amorosa. Pelo meu amor te prometo isso.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Quinto Dia

E quando devo conduzi-lo por um caminho diferente do que você vê, eu o prepararei; Vou carregá-lo em meus braços; Vou deixar você se encontrar, como uma criança que adormece nos braços da mãe, na outra margem do rio. O que o perturba e o magoa imensamente são sua razão, seus pensamentos e preocupação, e seu desejo a todo custo de lidar com o que o aflige.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Sexto Dia

Você está insone; você quer julgar tudo, dirigir tudo e cuidar de tudo e se render à força humana, ou pior – aos próprios homens, confiando na sua intervenção – isso é o que atrapalha minhas palavras e meus pontos de vista. Oh, quanto desejo de ti esta rendição, de te ajudar e como sofro ao te ver tão agitado! Satanás tenta fazer exatamente isso: agitar você, tirá-lo da minha proteção e jogá-lo nas mandíbulas da iniciativa humana. Portanto, confie apenas em mim, descanse em mim, entregue-se a mim em tudo.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Sétimo Dia

Eu realizo milagres em proporção à sua entrega total a mim e ao fato de você não pensar em si mesmo. Semeio tesouros de graças quando você está na mais profunda pobreza. Nenhuma pessoa de razão, nenhum pensador, jamais realizou milagres, nem mesmo entre os santos. Eu faço obras divinas a todo aquele que se entrega a Deus. Portanto, não se aflija mais, porque sua mente não é acurada e para você é muito difícil ver o mal. Confia em mim e não pense em si mesmo. Faça isso para todas as suas necessidades, faça isso tudo e você verá grandes milagres silenciosos e contínuos. Eu vou cuidar das coisas, eu prometo isso pra você.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

 

Oitavo Dia

Feche os olhos e deixe-se levar pela corrente que flui da minha graça; feche os olhos e não pense no presente; desvie seus pensamentos do futuro da mesma forma que faria com a tentação. Repouse em mim, acredite na minha bondade, e prometo-lhe, com meu amor, que se você disser: Jesus, cuide disso, Eu cuidarei de tudo; Vou te consolar, te libertar e te guiar.

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

Nono Dia

Ore sempre com prontidão para se render, e você receberá dela grande paz e grandes recompensas, mesmo quando eu conferir a você a graça da imolação, do arrependimento e do amor. Então, qual sofrimento importa? Parece impossível para você? Feche os olhos e diga com toda a alma: Jesus, cuide disso. Não tenha medo. Eu cuidarei das coisas e você abençoará meu nome, humilhando-se. Mil orações não podem ser iguais a um único ato de rendição, lembre-se bem disso. Não há novena mais eficaz do que esta:

Ó Jesus, eu me abandono ao senhor. Jesus, assuma o controle. (10 vezes)

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nossa plataforma e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você nos autoriza a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.